Página Inicial / Noticias / Prefeitura Municipal de Itapebi, através da Secretaria de Meio Ambiente realizou nos últimos dias 27,28 e 29/ 01 as etapas finais de criação do Plano Municipal de Saneamento Básico.

Prefeitura Municipal de Itapebi, através da Secretaria de Meio Ambiente realizou nos últimos dias 27,28 e 29/ 01 as etapas finais de criação do Plano Municipal de Saneamento Básico.

A Prefeitura Municipal de Itapebi, através da Secretaria de Meio Ambiente, e em parceria com a Fundação Nacional da Saúde (FUNASA) e o Instituto Federal da Bahia (IFBA), realizou nos últimos dias 27,28 e 29/ 01 as etapas finais de criação do Plano Municipal de Saneamento Básico. Os eventos aconteceram na sede e nos povoados de Ventania e Caiubi, com participação dos membros dos comitês, constituído de representantes da sociedade civil, da gestão pública municipal e poder legislativo. Algumas autoridades estiveram presentes nesse processo, onde destacamos a participação do Secretário de Meio Ambiente Luiz Eduardo Souza, do Secretário de Administração Plínio Guerrieri, do Secretário de Saúde Sérgio Murilo Cerqueira, da Secretária de Cultura Alane Souza e dos vereadores Leonardo Ribeiro e Damião.

Diversas representações populares, onde destacamos os Agentes Comunitários de Saúde (ACS), Equipe do CRAS e coordenadores da Secretaria de Educação.

Nos eventos, grupos foram formados para discussão e possíveis alterações no plano, cada grupo ficou responsável por um Projeto (abastecimento de água, esgotamento sanitário, drenagem de águas pluviais e resíduos sólidos), sendo explanado ao público todas as propostas e alterações. Ao finalizar todas essas etapas, o próximo passo é tornar Lei esse plano, que será apresentado ao poder legislativo, para que seja executado nos próximos anos, através de parceria e interesse da gestão pública municipal.

Sobre admin

Você pode Gostar de:

INDICADORES: Terça (30) começa com alta na arroba do boi gordo

Por: Bahiananet.com.br A cotação da arroba do boi gordo começou a terça-feira (30) com alta …

Um comentário

  1. É muito importante esse plano, após sua aprovação pelo poder legislativo o plano virá lei e valerá para os próximos 20 anos podendo ser readequação ao longo desses anos.
    A partir desse ano so será possível conseguir recursos ou financiamentos do governo para a área de saneamento basiconquem tiver esse plano e a sua elaboração só é permitida pela legislação se tiver a participação das populações locais!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!